Siga nossas redes

Polícia

Batalhão Pára-quedista participa da Operação Amazônia 2022

A Operação, para essa Unidade Aeroterrestre, se desenvolveu em 3 fases

Publicado há

em

Foto: Divulgação/Batalhão

 No período de 30 maio à 25 junho, a Força-Tarefa Afonsos (FT Afonsos), com base no 25º Batalhão de Infantaria Pára-quedista (25º BI Pqdt) participou da Operação Amazônia 2022. A Operação, para essa Unidade Aeroterrestre, se desenvolveu em 3 fases.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Na 1ª fase, mais de 100 militares concluíram no período de 2 a 5 de junho o Estágio de Adaptação à Selva (EAS). O Estágio teve por objetivo proporcionar aos militares os conhecimentos básicos para atuar no ambiente operacional amazônico e desenvolver hábitos adequados à sobrevivência na selva. A FT Afonsos participou de instruções de técnicas de embarcação, marcha através selva, transposição de curso d’água no Rio Negro, construção de abrigos, obtenção de água e fogo, de alimentos de origem vegetal e animal, sobrevivência, dentre outras.

Na 2ª fase, aproximadamente 100 militares saltaram em massa d’água na região do município de Japurá. O salto em massa d’água é uma indispensável capacidade operacional para que a Brigada de Infantaria Pára-quedista, quando acionada, cumpra missão em qualquer parte da Amazônia Brasileira, sendo lançada em qualquer ZL aquática (rios e lagos), na falta de ZL terrestre, nos mais distantes rincões do território nacional.

A 3ª fase se caracterizou pelo emprego da FT Afonsos na faixa de fronteira da 16ª Brigada de Infantaria de Selva, para missões de patrulhamento fluviais (947 km patrulhados) e terrestres (68 Km patrulhados) além de estabelecimento de Postos de Interdição e Bloqueio Fluvial (PCI Flu, com 54 embarcações abordadas e 250 cidadãos cadastrados).

Assim, o estado final desejado foi atingido, garantindo a soberania nacional, ampliando a presença e a dissuasão da Força Terrestre na faixa de fronteira, contribuindo para a redução dos crimes transfronteiriços na região.

*Defesa em foco

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

•••
•••

+ vistos

×