Siga nossas redes

Polícia

PC-AM encerra penúltima semana de junho com 47 prisões e apreensão de cocaína avaliada em R$ 17 milhões

Publicado há

em

Na penúltima semana do mês de junho, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) retirou, ao todo, 47 indivíduos envolvidos em crimes cometidos na capital e no interior do Estado. Dentre os delitos, estão homicídio qualificado, organização criminosa, tráfico de drogas, estelionato, violência doméstica, roubo, tentativa de feminicídio e estupro de vulnerável.

Além das prisões, as equipes policiais da PC-AM também realizaram a apreensão de uma tonelada de cocaína, gerando prejuízo de R$ 17 milhões ao crime organizado.

Principais ações

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) divulgou, no dia 20 de junho, as prisões realizadas entre os dias 6 e 17 de junho, de 10 pessoas envolvidas no ataque à uma viatura da PC-AM, ocorrido no dia 6 de janeiro deste ano, enquanto policiais civis conduziam três detentos para uma audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis.

Foram presos Eliandra da Silva Souza; Gennesson Wesley Margarido Pinto; Erasmo de Lima Cordovil Junior; Rafael de Miranda Queiroz; Lucas Pimentel Silva; Thiago Xavier da Silva; Pedro Henrique Freitas Gonçalves; Luiz Gustavo Ferreira dos Santos; Paulo Xelen Ramos Xaud e Level de Freitas Vilhena.

Repressão à Narcóticos

O Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) deflagrou, no dia 22 de junho, a Operação Marina e apreendeu uma tonelada de cocaína, causando um prejuízo de R$ 17 milhões ao narcotráfico. Um homem, de 41 anos, foi preso durante a ação e responderá por tráfico de drogas.

A operação é fruto de um trabalho de seis meses de investigação do Departamento, e contou com o apoio do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras e Divisas (GCI-F), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), da PC-AM, e da Companhia de Operações Especiais (COE), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

Segurança na capital

O Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), da PC-AM, deflagrou, entre quinta (23/06) e sexta-feira (24/06), a operação Cidade Mais Segura, que resultou no cumprimento de 19 decisões judiciais de busca e apreensão e prisão, pelos crimes de roubo, homicídio e outros. Foram efetuadas, também, prisões em flagrante por receptação qualificada.

As ações resultaram em sete prisões e na apreensão de mais de 200 aparelhos celulares, com apoio das Seccionais das zonas norte, leste e oeste. Entre os Distritos Integrados de Polícia (DIPs) envolvidos na ação, estão o 4º, 5º, 6º, 9º, 11º, 18º, 19º e 29º.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

•••
•••

+ vistos

×