Siga nossas redes

Colunistas

GEORGE PÉREZ: LENDAS SÃO ETERNAS

Publicado há

em

Olá habitantes do multiverso da nerdice! No próximo dia 06 fará um mês que uma lenda dos quadrinhos nos deixou, George Pérez, e coincidentemente no dia 09 de junho, será seu aniversário de 68 anos. Quando da sua morte no mês passado, eu confesso que não consegui escrever nada, havíamos perdido algumas semanas antes outra lenda dos quadrinhos, Neal Adams, e foi muita informação para este colunista que vos escreve absorver. George há um tempo vinha travando uma batalha contra um câncer no pâncreas e em 2021 anunciou que infelizmente não havia mais nada que a ciência pudesse fazer. Desde então George passou a se dedicar à família e aos amigos, inclusive fazendo algumas visitas às suas antigas casas, as Editoras Marvel e DC.

George viveu seus últimos dias recebendo o carinho dos familiares, amigos e de nós, os fãs, que enchemos suas redes sociais de muito amor e homenagens. George se juntou ao panteão dos deuses dos quadrinhos e sua obra será eterna. Hoje gostaria de homenagear este mestre dos quadrinhos, que foi um dos responsáveis por eu ser um ávido colecionador de quadrinhos.

Então, sem mais delongas, sigam-me os bons nesta singela homenagem ao mestre George Pérez.

George Pérez, um ícone, um mestre dos quadrinhos. Imagem: Wikipedia

George Pérez nasceu em Nova Iorque e era filho de portorriquenhos. Começou a se destacar no mundo dos quadrinhos no finalzinho dos anos 70, quando assumiu a revista do maior grupo de super-heróis da Marvel, os Vingadores, mas antes ele já havia criado juntamente com Bill Mantlo, o primeiro herói portorriquenho, Tigre Branco. Sua arte logo chamou atenção dos fãs por ser extremamente detalhista e conseguir reunir em uma mesma página, vários personagens sem que nenhum se perdesse na ação.

Vingadores por George Pérez. Imagem: Marvel Comics

Nesta mesma época George participou de uma HQ lançada pela Marvel, que hoje em dia é considerada raríssima devido aos seus direitos de imagem, The Beatles Story.

Capa e contracapa de The Beatles Story por George Pérez e Tom Palmer. Imagem: Twitter

MARVEL E DC: OS MAIORES HERÓIS DESENHADOS PELO MESTRE

Liga da Justiça da América por George Pérez. Imagem: DC Comics

A arte de George se destacava tanto que ele conseguiu um feito inédito, trabalhar para a DC e a Marvel ao mesmo tempo e acreditem, com os maiores grupos de super-heróis de ambas as editoras, Liga da Justiça e Vingadores!

Quando foi para a DC, George começou a trabalhar com o escritor Marv Wolfman e talvez esta seja uma das maiores parcerias das histórias em quadrinhos de todos os tempos, digna de Stan Lee e Jack Kirby, Chris Claremont e John Byrne, só para dar o exemplo.

SUCESSO ABSOLUTO COM OS NOVOS TITÃS

Um dos maiores sucesso de George Pérez, os Novos Titãs. Imagem: DC Comics

Ainda trabalhando em Vingadores e Liga da Justica, George e Marv, começaram um projeto que seria um de seus maiores sucessos. Eles pegaram o renegado grupo Titãs e reformularam, lançando assim Os Novos Titãs, grupo que até hoje faz um enorme sucesso com sua série de desenhos animados e que ganhou uma belíssima adaptação para live action, que em breve estreará sua quarta temporada, agora pela HBO MAX.

George e Marv revolucionaram os Novos Titãs, ali eles transformaram Dick Grayson, o Robin original, no Asa Noturna, além de criarem vários heróis que hoje são icônicos, como Ciborgue, Mutano e Estelar. A ideia de pegar um grupo de jovens super-heróis que além de enfrentarem vilões como o Exterminador (também criação da dupla) também convive com problemas típicos da juventude, transformou a publicação em sucesso absoluto, um clássico hoje em dia.

A MAIOR SAGA DE TODOS OS TEMPOS

Crise nas Infinitas Terras. Imagem: DC Comics

A dupla George e Marv ainda foram responsáveis pela maior megassaga das histórias em quadrinhos: Crise nas Infinitas Terras. Dividida em 12 capítulos, Crise nas Infinitas Terras, teve como principal objetivo, reorganizar o multiverso da DC, alinhando todos em uma só linha de tempo e eliminando todas as pontas soltas. Crise tem painéis gigantes, épicos, com dezenas de heróis ao mesmo tempo e capas até hoje icônicas, sem dúvida um trabalho hercúleo e maravilhoso de George Pérez.

Uma das imagens icônicas de Crise nas Infinitas Terras. Imagem: DC Comics

Mas calma que ainda tem mais hits deste verdadeiro mestre dos quadrinhos. Logo após Crise nas Infinitas Terras, alguns super-heróis sofreram um soft reboot e tiveram suas origens recontadas, o Superman de John Byrne (outro clássico das HQs) é um exemplo e a Mulher-Maravilha de George Pérez é outro. Pérez produziu uma das melhores fases da Amazona até os dias hoje, tendo sua origem considerada a definitiva e influenciando até a diretora Petty Jenkins no primeiro filme da Mulher-Maravilha, vivida pela belíssima Gal Gadot.

Mulher-Maravilha de George Pérez, influenciou o primeiro filme da heroína. Imagem: Warner

MARVEL X DC, O MAIOR CROSSOVER DOS QUADRINHOS

Liga da Justiça VS Vingadores. Imagem: Marvel/DC Comics

Como se não bastasse tudo o que eu já listei, George Pérez, conseguiu outro feito inédito, juntar as duas maiores equipes de super-heróis das maiores editoras do mercado em um crossover épico. Anos depois de ter trabalhado de forma simultânea nos dois títulos, George juntamente com o escritor Kurt Busiek, lançaram Liga da Justiça Vs. Vingadores, uma minissérie em 4 capítulos, que na época foi um sucesso e hoje é considerada o Santo Graal das HQs. Outros crossovers entre super-heróis já haviam sido lançados antes, mas nunca numa escala épica desta forma e é provável que nunca mais volte a acontecer devido à dificuldade de alinhar novamente os direitos de publicação entre Marvel e DC.

Liga Vs Vingadores, os maiores heróis reunidos. Imagem: Marvel/DC Comics

Mas,  milagres acontecem. Agora a pouco eu disse que Liga Vs Vingadores era o Santo Graal dos colecionadores, simplesmente porque a edição original está esgotada e que era muito improvável um novo encontro assim, ou mesmo uma republicação da saga original. Porém com a doença de George, Marvel e DC resolveram se unir mais uma vez e autorizaram a reimpressão de apenas 7.000 cópias da versão encadernada da minissérie e toda a arrecadação foi destinada à fundação Hero Initiative, que era comandada por Pérez e que ajuda a artistas veteranos em dificuldades financeiras. A reedição de Liga Vs Vingadores foi distribuída pela Diamond Comics e ficou restrita ao Estados Unidos, infelizmente. Apesar da restrição, foi uma bela atitude das editoras.

Homenagem da DC a George Pérez. Imagem: DC Comics

Depois de tanto contribuir com a Nona Arte, no último dia 6 de maio, George descansou. Sua arte e seu legado serão eternos. Não dá pra mensurar em poucas e singelas linhas, o tamanho e a importância que este cara tem para a cultura pop e para a minha vida. Espero ter conseguido pelo menos passar uma ideia da sua grandeza, da sua genialidade, nesta pequena mas sincera e emocionada homenagem. Rest In Power, George.

Até semana que vem. Para o alto e avante! Stay Safe!

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

•••
•••

+ vistos

×